Chapadão do Sul, 12 de Agosto de 2020

Cadastre-se Envie sua notícia JNT Digital Busca no site

Jovem Sul News

Você está em: Página Inicial Saude

Vidas perdidas em julho está três vezes maior que os primeiros meses de pandemia

Vidas perdidas em julho está três vezes maior que os primeiros meses de pandemia

15:08 | 30 julho 2020
 

A pandemia do novo coronavírus segue em ritmo acelerado em Mato Grosso do Sul. As mortes em decorrência da Covid no mês de julho no Estado, equivalem a três vezes mais que a soma dos quatro primeiros meses da doença.

Nas últimas 24 horas a Secretaria de Estado de Saúde (SES) confirmou mais 15 mortes por Covid, totalizando 357 vidas perdidas. Dos números apresentados nesta quinta, oito são de Campo Grande, três de Corumbá, e Ladário, Dourados, Anastácio e Sidrolândia um óbito cada uma.

O número de casos confirmados também aumentou consideravelmente. Com 876 novos testes positivos o Estado passa a contabilizar 24.187 infectados desde o início da pandemia. As cidades com maior número de confirmações são: Campo Grande (353), Aquidauana (148), Corumbá (56), Sidrolândia (52) e Dourados (42).

Mesmo com a ampliação de leitos de UTI em todas as macrorregiões do Estado, o boletim epidemiológico desta quinta mostra taxa de ocupação de 92% na macrorregião de Campo Grande, 62% na macrorregião de Dourados, 44% na de Três Lagoas e 73% na de Corumbá. Confira boletim atualizado aqui.

Diante do cenário autoridades e especialistas em saúde tem alertado diariamente a população. Referência nacional, o pesquisador da Fiocruz, Dr. Julio Croda afirmou que o Estado conduzindo bem a pandemia até o momento, mas que de agora em diante é fundamental a participação de todos nesse processo.

“É importante a população entender, e o gestor entender, que a curva de crescimento de novos casos dessa forma acelerada, o poder público não tem capacidade de acompanhar esse crescimento nos leitos. E isso é a nível mundial”, pontuou pedindo que a população use máscara, mantenha o distanciamento, e adote a lavagem frequente de mãos. “É importante que a gente concentre esse mês de agosto para salvar vidas”.

Isolamento Social

Ao mesmo tempo que as taxas do boletim oficial da Covid aumentam, os índices de isolamento social seguem muito aquém do ideal para conter a transmissibilidade do vírus.

Dados da última quarta-feira (29) mostram que apenas 37,4% da população sul-mato-grossense permaneceu em casa. A movimentação na Capital também não foi diferente, e a taxa de recolhimento ficou em 36,3% para o dia.

Nos demais municípios sul-mato-grossenses as taxas mapeadas para o dia variam entre 31% registrado em Douradina, a 61,1% em Tacuru. Confira aqui  a lista completa.

Fonte: Subcom

Postado em: 15:08 | 30 julho 2020
 
JSTV
mais vídeos

É permitida a reprodução ou divulgação, em outros órgãos de comunicação, de notícias ou artigos publicados nesta website, desde que expressamente citada a fonte, ficando aquele que desatender a esta determinação sujeito às sanções previstas na Lei nº 5.259/1967 (Lei de Imprensa) feed
Jovem Sul Comunicações LTDA | Rua Quinze, Nº 537 | Centro | CEP 79560-000 | Chapadão do Sul (MS)
(67) 3562-2500 (67) 9 9967-0034 | CNPJ 03.719.704/0001-07
Desenvolvido por: Mais Empresas | Angeli Comunicações