Chapadão do Sul, 14 de Dezembro de 2017

Cadastre-se Envie sua notícia JNT Digital Busca no site

Jovem Sul News

Você está em: Página Inicial Saude

PSA total e livre Laboratório Julimar

PSA total e livre Laboratório Julimar

7:31 | 5 dezembro 2017
 

O PSA, conhecido por Antígeno Prostático Específico, pode ser avaliado através de um exame de sangue simples feito em laboratório e que serve para diagnosticar alterações na próstata como prostatite, hipertrofia benigna da próstata ou câncer de próstata, por exemplo.

Geralmente, os indivíduos saudáveis têm valores de PSA total inferiores a 4 ng/ml, porém este valor pode estar alterado ou estar ligeiramente aumentado com a idade, com a origem do indivíduo e com o laboratório onde a análise foi feita e, não significa em todos os casos que o indivíduo tem câncer de próstata.

No entanto, em caso de câncer na próstata, o valor de PSA também pode permanecer normal e, por isso, a suspeita de câncer deve ser sempre confirmada com outros exames de diagnóstico, como toque retal, ressonância magnética e biópsia.

Valores do exame PSA total

Geralmente, quando um indivíduo tem um valor de PSA total superior a 4,0 ng/ml é recomendado repetir o exame para confirmar o valor e, no caso de se manter é fundamental fazer outros exames para confirmar o diagnóstico e identificar a causa.

Na maioria dos casos, quando mais elevado for o valor de PSA total maior é suspeita de câncer de próstata e, por isso, quando o valor é superior a 10 ng/ml as chances de estar desenvolvendo câncer de próstata é de 50%. O valor de PSA pode variar com a etnia, idade e com o laboratório onde o exame é feito, como se pode observar na tabela.

No entanto, em alguns casos, o indivíduo com um PSA de 2 ng/ml e com nódulos nódulos no toque rectal tem maior risco de ter câncer prostático do que o indivíduo que apresenta apenas o valor mais elevado sem alterações no toque retal e, em doentes jovens, geralmente o valor normal limite de 2,5g/ml.

Quando realizar o exame de PSA Livre

Geralmente, quando o paciente tem PSA total entre 2,0 e 10 ng/ml o urologista indica a realização do exame ao PSA livre, pois existem elevadas chances de estar desenvolvendo carcinoma de próstata.

Assim, quando a relação entre o PSA livre e o total é superior a 25% o paciente normalmente está desenvolvendo doenças benignas, como hipertrofia benigna da próstata ou infecção urnária e é tratado com a toma de antibióticos.

Porém, quando a relação entre estes dois valores é inferior a 10% é provável ter câncer de próstata e, quando mais baixo for o valor maior a chance, sendo necessário fazer cirurgia, e em alguns casos radioterapia e quimioterapia.

O que pode causar o aumento da PSA

Inflamação da próstata, conhecida por prostatite aguda ou crônica;
   Infecção urinária ou genital;
   Retenção urinária aguda;
Hipertrofia benigna da próstata, conhecida por HBP;
Realização de procedimentos médicos, como cistoscopia, toque retal, biópsia, cirurgia da próstata ou resseção trans-uretral da próstata;
    Câncer de próstata.

Além destas causas mais comuns, o aumento da idade, andar de bicicleta e a toma de alguns medicamentos, como hormônios masculinos como testosterona podem levar ao aumento do PSA.

Normalmente, o exame de sangue de PSA é indicado pelo urologista em caso de alterações urinárias, durante o tratamento para câncer de próstata e após a cirurgia e em todos os homens pelo menos 1 vez ao ano a partir dos 45 anos de idade.

Agendamento e mais informações:
Endereço avenida 8 n° 819, Chapadão do Sul – MS

Telefone (67) 3562-2490

Jovemsulnews/Herik Viana

 

Postado em: 7:31 | 5 dezembro 2017
 
É permitida a reprodução ou divulgação, em outros órgãos de comunicação, de notícias ou artigos publicados nesta website, desde que expressamente citada a fonte, ficando aquele que desatender a esta determinação sujeito às sanções previstas na Lei nº 5.259/1967 (Lei de Imprensa) feed
Jovem Sul Comunicações LTDA | Rua Quinze, Nº 537 | Centro | CEP 79560-000 | Chapadão do Sul (MS)
(67) 3562-2500 (67) 9 9967-0034 | CNPJ 03.719.704/0001-07
Desenvolvido por: Mais Empresas | Angeli Comunicações