Chapadão do Sul, 19 de Outubro de 2017

Cadastre-se Envie sua notícia JNT Digital Busca no site

Jovem Sul News

Você está em: Página Inicial Politica

Vereador diz que não quer saber de ‘gente sem-vergonha’ e revolta oposição

Vereador diz que não quer saber de ‘gente sem-vergonha’ e revolta oposição

9:47 | 10 agosto 2017
 

Discurso do vereador Lindomar da Silva Pinheiro, o Fiotinho (PR) provocou polêmica em Paraíso das Águas – MS. Após a base de apoio ter recebido críticas por conta da mudança dos horários da sessão, Fiotinho ocupou a tribuna, na segunda-feira (7), afirmando que os dois parlamentares da oposição deveriam se resumir a cuidar dos seus eleitores e deixar os sete vereadores da situação cuidar dos assuntos do Legislativo.

A Câmara Municipal de Paraíso das Águas conta com nove vereadores: sete da base de apoio do prefeito e dois da oposição. A base aliada tem votos suficientes para aprovar os projetos do Poder Executivo.

“Não adianta vir aqui na tribuna fazer teatro. Os dois vereadores da oposição vivem fazendo denúncia sem coragem de mostrar a cara. Os dois tem que ser tratados como tal. Não tem esse negócio mais de união. União é entre os sete”, disse Fiotinho. “Quando os sete quiserem aprovar um projeto, vamos reunir os sete e aprovar”.

Em 11 minutos de discurso, Fiotinho negou aparte dos vereadores de oposição, disse não querer “saber de gente sem-vergonha” e que não precisa matar ninguém e nem colocar melancia no pescoço para aparecer. Clique Aqui e assista ao vídeo.

Para os vereadores da oposição, o vereador do PR faltou com o respeito e desprezou a função deles. “Ele xingou nossos eleitores, igual eu e o vereador Leonardo tivemos 20% do eleitorado do município. Ele xingou nossos eleitores, de sem-vergonha, que não precisa de nós, que eles sete resolvem os assuntos da Câmara”, disse o vereador José Divino Francisco da Silva, o Fio do Povo (PSB).

“Não somos apenas dois vereadores. Somos representantes de 20% da população de Paraíso”, reforçou Leonardo Corniani Dias (PP). “A base aliada sempre fez isso, mas essa foi a gota d’água. Podemos entender que Brasília está deixando escola”, acrescentou.

Apesar da indignação, os vereadores da oposição não fizeram nenhuma representação contra Fiotinho.

Fonte: Costa Rica em Foco

Postado em: 9:47 | 10 agosto 2017
 
É permitida a reprodução ou divulgação, em outros órgãos de comunicação, de notícias ou artigos publicados nesta website, desde que expressamente citada a fonte, ficando aquele que desatender a esta determinação sujeito às sanções previstas na Lei nº 5.259/1967 (Lei de Imprensa) feed
Jovem Sul Comunicações LTDA | Rua Quinze, Nº 537 | Centro | CEP 79560-000 | Chapadão do Sul (MS)
(67) 3562-2500 (67) 9 9967-0034 | CNPJ 03.719.704/0001-07
Desenvolvido por: Mais Empresas | Angeli Comunicações