Chapadão do Sul, 19 de Outubro de 2017

Cadastre-se Envie sua notícia JNT Digital Busca no site

Jovem Sul News

Você está em: Página Inicial Politica

Vereador dá devolutiva sobre o problema das rifas nas escolas

Vereador dá devolutiva sobre o problema das rifas nas escolas

16:03 | 11 outubro 2017
 

Vereador Professor Cícero (PHS Chapadão do Sul)

Na Sessão Ordinária da Câmara Municipal, nesta segunda-feira (09), o vereador Prof. Cícero, fez questão de dar um retorno, sobre a questão levantada na sessão da semana anterior que tratava do excesso de rifas e promoções nas escolas do município.

“Fizemos uma convocação, onde os diretores da escolas estiveram presentes, a Câmara preparou uma matéria que vai ficar disponível no site da Câmara, onde tem a relação com todos os que participaram com mais detalhes. Mas eu me comprometi, na reunião junto com o vereador Vanderson Cardoso, de trazer à população um retorno daquilo que foi conversado”, relatou.

Prof. Cícero salientou que as escolas públicas, sejam municipais ou estaduais, têm um mantenedor, que são respectivamente a Prefeitura e o Governo do Estado. O Governo federal cuida das escolas federais e as escolas particulares são mantidas pelos seus proprietários. Os mantenedores são os responsáveis por manter não só o quadro de funcionários, como também a estrutura de funcionamento das escolas, em todos os casos. Isso é uma obrigação. Não é favor de nenhum deles.

Mas as escolas também têm previsto um auxílio que são as chamadas APMs (Associações de pais e Mestres), que entram como uma parceria para ajudar o desenvolvimento daquele ano letivo ou de uma outra situação para melhorar. A função da APM não é trabalhar para construir ou remendar. A função dela é fazer uma festinha para homenagear os pais, as mães, dia de páscoa ou arrecadar um dinheirinho para ajudar em uma atividade ou outra.

Por relaxo do poder público de todas as esferas da nossa história recente, foram se acomodando e a sociedade, meio que ingenuamente, foi acreditando que deveria resolver um problema que é do mantenedor. Isso virou uma prática, infelizmente e houve alguns excessos, não especificamente agora aqui, mas é geral isso.

Então nós discutimos isso e as diretoras explicaram que essas rifas e atividades haviam sido discutidas no início do ano com a comunidade escolar e ao longo do ano foi sendo executado.

As comunidades escolares tem que sempre que fazer assembleias para discutir os problemas da escola, porque a gestão de uma escola é democrática, fazer um calendário das atividades, explicando a finalidade de cada atividade e lavrar em ata, com a assinatura dos participantes. Feito isso, caberá então cumprir o que foi combinado em sociedade.

É natural que a ideia venha da gestão pública e dos próprios professores, mas a decisão é da comunidade. A partir daí, não há porque ter problemas. Não haverá excessos e nem falta de recursos, ou ainda, o esquecimento por parte do poder público, do compromisso assumido com a comunidade escolar.

Nós pedimos para cada diretora, e foi prontamente aceito, inclusive pelo Secretário Municipal de Educação, Guerino Perius, que também estava na reunião, que este ano deve se respeitar isso e no ano que vem, o empenho para que toda a comunidade participe e que sempre se registre os pais que comparecem ou não nas reuniões para que posteriormente ninguém diga que não sabia. O combinado não é caro! Concluiu o Vereador Professor Cícero.

Fonte: Jovemsulnews (Erika Silva)

Postado em: 16:03 | 11 outubro 2017
 
É permitida a reprodução ou divulgação, em outros órgãos de comunicação, de notícias ou artigos publicados nesta website, desde que expressamente citada a fonte, ficando aquele que desatender a esta determinação sujeito às sanções previstas na Lei nº 5.259/1967 (Lei de Imprensa) feed
Jovem Sul Comunicações LTDA | Rua Quinze, Nº 537 | Centro | CEP 79560-000 | Chapadão do Sul (MS)
(67) 3562-2500 (67) 9 9967-0034 | CNPJ 03.719.704/0001-07
Desenvolvido por: Mais Empresas | Angeli Comunicações