Chapadão do Sul, 16 de Dezembro de 2017

Cadastre-se Envie sua notícia JNT Digital Busca no site

Jovem Sul News

Você está em: Página Inicial Politica

Vereador aponta responsabilidade exclusiva do Estado na segurança pública

Vereador aponta responsabilidade exclusiva do Estado na segurança pública

16:23 | 11 outubro 2017
 

Vereador Professor Cícero (PHS Chapadão do Sul)

Durante a Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores, da segunda-feira, 09 de outubro, o Vereador Professor Cícero (PHS), de Chapadão do Sul usou a palavra no Grande Expediente e falou sobre vários assuntos, entre eles, aquele que está envolvendo toda a sociedade nos últimos dias, a violência urbana.

O Vereador responsabilizou exclusivamente o Governo do Estado para resolver o problema, mas não se omitiu na questão política. A pressão política tem que partir das lideranças locais, como está sendo feito, para que o Governo do Estado cumpra o seu dever de promover a segurança pública, lembrou o Vereador.

Ele disse que já falou com o Presidente da Assembleia Legislativa Deputado Júnior Mochi (PMDB), sobre o assunto e já tem informações que pessoas ligadas ao Governo do Estado estão na cidade para se reunir com o Executivo para tratar do assunto.

“Ele, o governo do Estado é responsável pela Educação nas Escolas Estaduais, pela Escola Técnica Federal, que até agora ainda não funciona, pela outra escola que até agora não conseguiu terminar, pela segurança na nossa cidade, pelos equipamentos, por manter o salário em dia. Quando a responsabilidade for do âmbito municipal, aí nós miramos no prefeito. Cabe a nós como sociedade nos unirmos e darmos a pressão no ponto certo para que haja resultado”, concluiu o Professor Cícero.

Outro assunto abordado pelo vereador Professor Cícero foi em relação à violência contra a mulher. Ele parabenizou as integrantes do Projeto Jóia Rara, que estavam presentes pelo belíssimo trabalho de fortalecimento das mulheres e das famílias.

Segundo o vereador, um dado alarmante, exposto pela polícia civil, foi o número de inquérios em Chapadão do Sul, em torno de 900, onde aproximadamente 200 são de violência entre famílias ou contra a mulher. “O que chama a atenção é que nos municípios vizinhos, o número total de inquéritos não chega a 200, daí a importância do trabalho de instituições como a jóia Rara, que presta apoio a essas vítimas”.

O Professor Cícero também retransmitiu os elogios recebidos pelo trabalho das fisioterapeutas do NASF (Núcleo de Apoio à Saúde da Família).

A população em geral precisa saber dos excelentes trabalhos que são realizados no NASF, por isso retransmitiu os elogios recebidos.

Fonte: Jovemsulnews (Norbertino Angeli)

Postado em: 16:23 | 11 outubro 2017
 
É permitida a reprodução ou divulgação, em outros órgãos de comunicação, de notícias ou artigos publicados nesta website, desde que expressamente citada a fonte, ficando aquele que desatender a esta determinação sujeito às sanções previstas na Lei nº 5.259/1967 (Lei de Imprensa) feed
Jovem Sul Comunicações LTDA | Rua Quinze, Nº 537 | Centro | CEP 79560-000 | Chapadão do Sul (MS)
(67) 3562-2500 (67) 9 9967-0034 | CNPJ 03.719.704/0001-07
Desenvolvido por: Mais Empresas | Angeli Comunicações