Chapadão do Sul, 24 de Maio de 2019

Cadastre-se Envie sua notícia JNT Digital Busca no site

Jovem Sul News

Você está em: Página Inicial Politica

Reinaldo diz que Exército pode ajudar na área de inteligência na fronteira

Reinaldo diz que Exército pode ajudar na área de inteligência na fronteira

Governador ainda ponderou que o Exército é o "fator de equilíbrio" para democracia no Brasil

15:10 | 17 abril 2019
 

Comandante do CMO, o general Lourival Carvalho Silva, ao lado do governador Reinaldo Azambuja (Foto Marina Pacheco)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) afirmou que o Exército pode contribuir muito com Mato Grosso do Sul, não apenas na segurança na região de fronteira, mas também para o serviço de inteligência. “Quando haver um núcleo integrado com as Forças Armadas, além das policiais estaduais e federal, teremos resultados importantes”.

O tucano fez esta declaração na sede do CMO (Comando Militar do Oeste), durante a comemoração alusiva ao “Dia do Soldado”, onde houve homenagens com entrega de medalhas e condecorações a militares e civis, além de desfile das tropas e mensagem do Exército Brasileiro à população.

Reinaldo também ressaltou que o Exército tem a função de “ponto de equilíbrio” na democracia brasileira, contra os “excessos tanto da extrema esquerda, como direita”, dando sustentação aos poderes e a República. “Eles primeiro tem a tarefa de defender a Pátria, mas depois também fazem integração em momento de emergência, como na greve dos caminhoneiros, que ajudaram bastante”.

Apoio – O comandante do CMO, o general Lourival Carvalho Silva, também citou que o Exército há muitos anos trabalha junto com o governo estadual e prefeituras municipais, como em Campo Grande. “Contribuímos em várias frentes, como na abertura de estradas, pontes e outros projetos”.

Comandante do CMO, o general Lourival Carvalho Silva, durante evento (Foto: Marina Pacheco)

O general citou que inclusive pretende fazer “futuras parcerias” com o governo de Mato Grosso do Sul, para contribuir mais no setor de infraestrutura do Estado. “Queremos participar deste desenvolvimento”, pontuou.

O secretário estadual de Segurança Pública, Antônio Carlos Videira, que foi um dos homenageados do evento, disse que o Exército tem sua parcela de contribuição no setor. “Já participou de operações em conjunto com as forças policiais no sul do Estado, assim como a ação da Operação Ágata na região de fronteira”.

O evento teve desfile dos militares, entrega de medalhas, assim como um breve discurso sobre a atuação do Exército, e uma homenagem ao patrono da instituição, Duque de Caxias. Também houve tiro de canhão e sobrevoo de helicópteros das Forças Armadas.

 

Fonte: campograndenews

Postado em: 15:10 | 17 abril 2019
 
É permitida a reprodução ou divulgação, em outros órgãos de comunicação, de notícias ou artigos publicados nesta website, desde que expressamente citada a fonte, ficando aquele que desatender a esta determinação sujeito às sanções previstas na Lei nº 5.259/1967 (Lei de Imprensa) feed
Jovem Sul Comunicações LTDA | Rua Quinze, Nº 537 | Centro | CEP 79560-000 | Chapadão do Sul (MS)
(67) 3562-2500 (67) 9 9967-0034 | CNPJ 03.719.704/0001-07
Desenvolvido por: Mais Empresas | Angeli Comunicações