Chapadão do Sul, 20 de Agosto de 2019

Cadastre-se Envie sua notícia JNT Digital Busca no site

Jovem Sul News

Você está em: Página Inicial Politica

Promotor afirma que policial cuidar de preso é desvio de finalidade

Promotor afirma que policial cuidar de preso é desvio de finalidade

11:14 | 13 agosto 2019
 

O Promotor Dr. Matheus Macedo Cartapatti usou a tribuna para solicitar agentes da Agepen no Município

Na noite desta segunda-feira, 12 de agosto foi realizada mais uma sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Chapadão do Sul. Na oportunidade a Presidente Alline Tontini concedeu espaço na Tribuna para pronunciamento do Promotor de Justiça de Chapadão do Sul, Dr. Matheus Macedo Cartapatti.

O Promotor foi em defesa dos Policiais Civis de Chapadão do Sul, que estão incumbidos da custódia de presos nas celas da Delegacia local.

Lembrou o promotor que várias ações já foram realizadas para solicitar ao Governo de Mato Grosso do Sul o envio de servidores da Agepen, Agência Penitenciária, para cuidar dos detidos na Comarca. Ele ainda salientou que a custódia de preso não é função de policiais, até porque eles não foram treinados para tal função e ainda está ocupando tempo em que poderiam estar investigando crimes. Portando, segundo o Promotor Dr. Matheus, o que ocorre em Chapadão do Sul é o desvio de finalidade dos agentes policiais.

Policiais Civis e o Defensor Público acompanharam o pronunciamento do Dr. Matheus

“A justiça já não suporta mais a demanda para resolver a pendência, agora esperamos que na esfera política o problema seja resolvido e portanto necessitamos do apoio dos vereadores para ajudar a trazer para Chapadão do Sul agentes da Agepen para cuidar dos presos”. Disse o Promotor.

O Dr. Matheus lembrou ainda que Chapadão do Sul alivia a entrada de drogas principalmente no Estado de Goiás, por estar na rota do tráfico, o que aumenta a demanda. Essa demanda pode ainda se agravar com a possibilidade de instalação de um posto rodoviário estadual nas margens de nossas rodovias, alertou o promotor.

Vereadores que usaram a tribuna após a fala do promotor prometeram interceder junto aos deputados a antiga solicitação.

Policiais Civis e o Defensor Público de Chapadão do Sul, Dr. Hernani Andrade Machado acompanharam a sessão e o pronunciamento do promotor Dr. Matheus.

Fonte: jovemsulnews (Norbertino Angeli)

Postado em: 11:14 | 13 agosto 2019
 

Campanha “Queimada é Crime” da Prefeitura Municipal de Chapadão do Sul

queimada sem licença do órgão ambiental é tida como incêndio criminoso e é punida pela Lei de Crimes Ambientais.

 

 

 

 

 

 

Campanha “Queimada é Crime” da Prefeitura Municipal de Chapadão do Sul

queimada sem licença do órgão ambiental é tida como incêndio criminoso e é punida pela Lei de Crimes Ambientais.

É permitida a reprodução ou divulgação, em outros órgãos de comunicação, de notícias ou artigos publicados nesta website, desde que expressamente citada a fonte, ficando aquele que desatender a esta determinação sujeito às sanções previstas na Lei nº 5.259/1967 (Lei de Imprensa) feed
Jovem Sul Comunicações LTDA | Rua Quinze, Nº 537 | Centro | CEP 79560-000 | Chapadão do Sul (MS)
(67) 3562-2500 (67) 9 9967-0034 | CNPJ 03.719.704/0001-07
Desenvolvido por: Mais Empresas | Angeli Comunicações