Chapadão do Sul, 22 de Julho de 2019

Cadastre-se Envie sua notícia JNT Digital Busca no site

Jovem Sul News

Você está em: Página Inicial Politica

Bolsonaro promete enviar ao Congresso em breve projeto que classifica invasão de terra como terrorismo

Bolsonaro promete enviar ao Congresso em breve projeto que classifica invasão de terra como terrorismo

12:00 | 20 abril 2019
 

Presidente da República, Jair Bolsonaro durante Cerimônia Comemorativa do Dia do Exército, com a Imposição da Ordem do Mérito Militar e da Medalha do Exército Brasileiro.

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira, durante uma transmissão ao vivo nas redes sociais, que o governo está finalizando um projeto de lei para criminalizar as invasões de terra, que será classificado como terrorismo.

Segundo Bolsonaro, o projeto não foi enviado ainda porque é preciso conversar com os parlamentares, mas isso deve acontecer “nas próximas semanas”.

“Temos que trabalhar para chegar à Câmara e tenha menor reação possível, para que sofra o mínimo de interferência possível”, disse o presidente.

Bolsonaro afirmou ainda que pretende se mirar em um projeto que teria sido aprovado na Itália, em que o proprietário pode atirar para defender sua propriedade ou de outra pessoa.

“Se o invasor decidir morrer o problema é dele”, disse. “Entra aí o excludente de ilicitude. A pessoa vai responder ,mas não tem punição. Isso ajuda inclusive nossos policiais.”

Segundo ele, houve apenas um registro de “invasão” de terra no primeiro trimestre deste ano, contra 43 no mesmo período do ano passado.

“Invasão de domicílio ou de propriedade outra, uma fazenda ou uma chácara, o proprietário pode se defender atirando, e se o outro lado resolver morrer, é problema dele. Propriedade privada é sagrada”,

O presidente voltou a comentar a situação indígena no país, alvo de uma live não agendada na quarta-feira, e disse que irá mudar a legislação para permitir que os índios explorem suas terras.

“O que puder fazer por decreto farei, se não puder vai ser por projeto de lei”, afirmou.

Fonte: noticiasagricolas

Postado em: 12:00 | 20 abril 2019
 
É permitida a reprodução ou divulgação, em outros órgãos de comunicação, de notícias ou artigos publicados nesta website, desde que expressamente citada a fonte, ficando aquele que desatender a esta determinação sujeito às sanções previstas na Lei nº 5.259/1967 (Lei de Imprensa) feed
Jovem Sul Comunicações LTDA | Rua Quinze, Nº 537 | Centro | CEP 79560-000 | Chapadão do Sul (MS)
(67) 3562-2500 (67) 9 9967-0034 | CNPJ 03.719.704/0001-07
Desenvolvido por: Mais Empresas | Angeli Comunicações