Chapadão do Sul, 13 de Dezembro de 2017

Cadastre-se Envie sua notícia JNT Digital Busca no site

Jovem Sul News

Você está em: Página Inicial Policia

Violência e manifesto levam autoridades locais a publicarem esclarecimentos

Violência e manifesto levam autoridades locais a publicarem esclarecimentos

15:32 | 8 outubro 2017
 

OAB lidera manifesto público para pedir melhor segurança pública

Na sexta-feira, 06 de outubro, a OAB, Ordem dos Advogados do Brasil, Subseção Chapadão do Sul, com apoio de outras lideranças locais promoveu um manifesto público para chamar a atenção das autoridades sobre a violência na cidade.

O ato surgiu efeito junto às autoridades locais, que imediatamente tomaram providências para discutir o assunto.

Os vereadores convocaram uma reunião com o Prefeito João Carlos Krug,em seu gabinete para discutirem o tema, mesmo antes do manifesto ocorrer. Participaram do encontro com o Prefeito os vereadores: Anderson Abreu, Toninho Assunção, Vanderson Cardoso, Professor Cicero, Alline Tontini e Mika.

Segundo matéria publicada no site oficial da Prefeitura, a reunião foi de grande importância para pontuarem questões objetivas pertinente ao assunto, mas nenhuma providência efetiva foi relatada no artigo publicado.

Nos manifestos fica claro que a população espera a volta do COB, Comando de Operações do Bolsão, para patrulhar a zona rural e o NOTII, Núcleo de Operações Táticas Investigativas do Interior para policiar com mais efetividade a zona urbana, como era realizado em 2016, o problema é quem custearia o efetivo a mais, necessário para os retornos.

A notícia diz que o objetivo das autoridades locais é trazer para Chapadão do Sul a solução mais efetiva vindo das esferas estaduais, que tem a obrigação de zelar pela segurança pública de toda população.

Neste domingo (08), o Ministério Público distribuiu uma nota.

O Ministério Público, através de nota assinada pelos Promotores de Justiça: Fernanda Proença de Azambuja e Matheus Macedo Cartapatti esclarece que:

“Por força do art. 129, VII, da Constituição Federal, é seu dever exercer o controle externo da atividade policial, com visitas técnicas uma vez por semestre nas unidades policiais e elaboração de relatório ao Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

No exercício dessa atuação, no primeiro semestre de 2017, foi constatado baixo efetivo de militares, como também de agentes e escrivães para o desempenho da atividade-fim em Chapadão do Sul.

Por conta disso, no mês de maio, foi enviado ofício à Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública, solicitando providências para reforço de contingente. Durante o mês de setembro de 2017, os Promotores de Justiça estiveram reunidos com os Vereadores e o Prefeito Municipal, bem como com o Presidente da Assembleia Legislativa, sugerindo a criação de uma unidade policial especializada em Chapadão do Sul, diante da elevada demanda criminal existente no município.

Além disso, foi entregue ofício às autoridades citadas pedindo esforços políticos junto ao Governo do Estado para se promover o reforço do efetivo civil e militar em Chapadão do Sul. Mais recentemente, no dia 04/10, o Ministério Público reuniu-se com o Presidente da OAB, tratando do mesmo assunto, ocasião em que pediu o apoio da entidade.

O Ministério Público, portanto, tem buscado atuar de forma resolutiva/extrajudicial para amenizar o déficit de segurança pública de Chapadão do Sul, entretanto, a solução da questão depende do Poder Executivo Estadual. A depender dos resultados obtidos, o MPE avaliará a necessidade de adoção de outras medidas, inclusive judiciais”.

Nesta segunda-feira, 09 de outubro, o Promotor de Justiça, Dr. Matheus Macedo Cartapatti deverá participar da Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores, onde prestará novos esclarecimentos.

Fonte: Jovemsulnews (Norbertino Angeli)

Postado em: 15:32 | 8 outubro 2017
 
É permitida a reprodução ou divulgação, em outros órgãos de comunicação, de notícias ou artigos publicados nesta website, desde que expressamente citada a fonte, ficando aquele que desatender a esta determinação sujeito às sanções previstas na Lei nº 5.259/1967 (Lei de Imprensa) feed
Jovem Sul Comunicações LTDA | Rua Quinze, Nº 537 | Centro | CEP 79560-000 | Chapadão do Sul (MS)
(67) 3562-2500 (67) 9 9967-0034 | CNPJ 03.719.704/0001-07
Desenvolvido por: Mais Empresas | Angeli Comunicações