Chapadão do Sul, 16 de Dezembro de 2019

Cadastre-se Envie sua notícia JNT Digital Busca no site

Jovem Sul News

Você está em: Página Inicial Policia

Paraguaios são presos com 24,7 quilos de cloridrato de cocaína

Paraguaios são presos com 24,7 quilos de cloridrato de cocaína

Droga estava escondida em compartimento oculto de Mercedes

11:23 | 10 agosto 2019
 

Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreenderam um veículo carregado com 24,7 quilos de cloridrato de cocaína, na madrugada de hoje (9), na região de Amambai.

Durante bloqueio policial, policiais abordaram um caminhão guincho, onde estava sendo transportado um carro Mercedes Benz modelo B180, com placas do Paraguai. Dois paraguaios contrataram o serviço de guincho e, questionados pelos policiais, divergiram sobre o motivo da viagem em território brasileiro.

As contradições levantaram suspeita da equipe, que iniciou vistoria minuciosa no veículo, onde foi encontrado um compartimento oculto com 23 volumes prensados do cloridrato de cocaína.

Diante do flagrante, os suspeitos confessaram que foram contratados para levar com a droga de Corumbá até Foz do Iguaçu, no Paraná. Eles disseram ainda que saíram com o carro da Ciudad Del Este no dia 4 de agosto e permaneceram em Corumbá até ontem, onde pegaram a Mercedes de volta, já carregada.

Suspeitos foram encaminhados para a Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira (Defron), onde foram autuados, em flagrante, por tráfico de drogas.

Fonte: correiodoestado 

Postado em: 11:23 | 10 agosto 2019
 
JSTV
mais vídeos

É permitida a reprodução ou divulgação, em outros órgãos de comunicação, de notícias ou artigos publicados nesta website, desde que expressamente citada a fonte, ficando aquele que desatender a esta determinação sujeito às sanções previstas na Lei nº 5.259/1967 (Lei de Imprensa) feed
Jovem Sul Comunicações LTDA | Rua Quinze, Nº 537 | Centro | CEP 79560-000 | Chapadão do Sul (MS)
(67) 3562-2500 (67) 9 9967-0034 | CNPJ 03.719.704/0001-07
Desenvolvido por: Mais Empresas | Angeli Comunicações