Chapadão do Sul, 09 de Agosto de 2020

Cadastre-se Envie sua notícia JNT Digital Busca no site

Jovem Sul News

Você está em: Página Inicial Policia

Idoso do semiaberto é preso ao aceitar guardar 790kg de maconha em casa

Idoso do semiaberto é preso ao aceitar guardar 790kg de maconha em casa

9:49 | 1 agosto 2020
 

Ele foi contratado para armazenar o entorpecente

Na noite de sexta-feira (31), homem de 61 anos foi detido em flagrante por armazenar droga em casa em Ponta Porã, a 346 quilômetros de Campo Grande. Ele cumpria pena no regime semiaberto e teria aceitado o serviço por R$ 1 mil.

Conforme o boletim de ocorrência, militares da Força Tática receberam informações de uma movimentação suspeita nas margens da Rodovia MS-164. Assim, os policiais foram ao local onde viram o idoso em uma motocicleta estrangeira, que tentou fugir ao notar a viatura.

Então, foi feita a abordagem em uma área de matagal e o homem ficou bastante nervoso. Com isso, ele relatou que estava nervoso porque cumpria pena no regime semiaberto e não queria problemas com a polícia.

No entanto, foi verificado que naquele terreno, que fica ao lado da casa do idoso, a terra estava revirada, como se algo tivesse sido enterrado. Com as buscas, os policiais localizaram os tabletes de maconha, que totalizaram 790 quilos.

Assim, o idoso confessou que paraguaios foram até a casa dele e pediram para que armazenasse a droga, sendo que ganharia R$ 1 mil pelo serviço. O idoso acabou preso em flagrante por tráfico de drogas e encaminhado para a delegacia.

Fonte: Midiamax

Postado em: 9:49 | 1 agosto 2020
 

É permitida a reprodução ou divulgação, em outros órgãos de comunicação, de notícias ou artigos publicados nesta website, desde que expressamente citada a fonte, ficando aquele que desatender a esta determinação sujeito às sanções previstas na Lei nº 5.259/1967 (Lei de Imprensa) feed
Jovem Sul Comunicações LTDA | Rua Quinze, Nº 537 | Centro | CEP 79560-000 | Chapadão do Sul (MS)
(67) 3562-2500 (67) 9 9967-0034 | CNPJ 03.719.704/0001-07
Desenvolvido por: Mais Empresas | Angeli Comunicações