Chapadão do Sul, 18 de Dezembro de 2018

Cadastre-se Envie sua notícia JNT Digital Busca no site

Jovem Sul News

Você está em: Página Inicial Policia

Carro é atingido por raio na MS 316

Carro é atingido por raio na MS 316

O caso aconteceu na última quinta-feira, 31.

13:45 | 5 novembro 2018
 

O casal de funcionário público de Paraíso das Águas, Elias do Saae e a Elizabete da Polícia Civil (Bete), levaram um enorme susto com uma descarga elétrica – raio, em seu veículo durante uma viagem à cidade de Três Lagoas (MS).

De acordo com o relato de Bete, ela e seu esposo Elias viajavam tranquilamente em um automóvel, por volta das 14h20, na rodovia MS 316, próximo ao distrito de Pouso Alto, município de Paraíso das Águas, quando passaram por uma forte tempestade, neste momento um raio atingiu o veículo, servindo de receptor para descargas elétricas.

Com a descarga elétrica o veículo teve a antena de rádio totalmente derretida e houve um pane elétrico no veículo. Mesmo diante dos danos e do susto, por sorte o casal nada sofreram.

“Foram alguns segundos de pânico, terror, medo. Um filme passa em sua mente em fração de segundo. Foi horrível”, afirmou Bete.

O casal precisou acionar um guincho para remover o veículo da estrada. Um Volkswagen Voyage 2018 teve danos em todo sistema elétrico. Segundo Bete, o prejuízo pode chegar até R$ 25 mil se o seguro do veículo não cobrir.

Neste período do ano é comum descargas elétricas, recomenda-se que em caso como este vivido pelo casal Elias e Bete, é que os passageiros do veículo permaneça no interior do mesmo e não tente descer do veículo.

O que pode ter havido com o casal é a chamada Gaiola de Faraday foi um experimento conduzido por Michael Faraday para demonstrar que uma superfície condutora eletrizada possui campo elétrico nulo em seu interior dado que as cargas se distribuem de forma homogênea na parte mais externa da superfície condutora (o que é fácil de provar com a Lei de Gauss), como exemplo podemos citar o Gerador de Van de Graaff.

Os carros, portanto, funcionam como Gaiolas de Faraday imperfeitas, já que existem diversos componentes não metálicos e outras partes condutoras que se ligam ao interior do veículo. De qualquer forma, o princípio ainda funciona e a carga elétrica percorre o exterior do carro – por isso é extremamente importante evitar qualquer superfície metálica imediatamente após o raio.

Lembrando que, em caso de tempestades, você deve procurar abrigo imediatamente – sim, pode ser em um carro, desde que ele não seja conversível e esteja completamente fechado! –, evitando ficar em campo aberto e próximo de árvores.

Fonte: britonews

Postado em: 13:45 | 5 novembro 2018
 
É permitida a reprodução ou divulgação, em outros órgãos de comunicação, de notícias ou artigos publicados nesta website, desde que expressamente citada a fonte, ficando aquele que desatender a esta determinação sujeito às sanções previstas na Lei nº 5.259/1967 (Lei de Imprensa) feed
Jovem Sul Comunicações LTDA | Rua Quinze, Nº 537 | Centro | CEP 79560-000 | Chapadão do Sul (MS)
(67) 3562-2500 (67) 9 9967-0034 | CNPJ 03.719.704/0001-07
Desenvolvido por: Mais Empresas | Angeli Comunicações