Chapadão do Sul, 12 de Agosto de 2020

Cadastre-se Envie sua notícia JNT Digital Busca no site

Jovem Sul News

Você está em: Página Inicial Gerais

Tem caso confirmado de coronavírus no trabalho? Confira como agir e o que a empresa deve fazer

Tem caso confirmado de coronavírus no trabalho? Confira como agir e o que a empresa deve fazer

11:51 | 10 julho 2020
 

Com o aumento do número de casos de coronavírus em Mato Grosso do Sul, tem sido cada vez mais comum o medo do contágio em empresas que contam com vários funcionários. Trabalhadores têm denunciado casos de empresas que não liberam funcionários com sintomas e até casos de patrões com sintomas que continuam comparecendo nas empresas, colocando a saúde dos funcionários em risco.

Foi caso da denúncia de uma rede de restaurantes em Campo Grande. Funcionários entraram em contato com o Jornal Midiamax para denunciar que o dono da empresa testou positivo para Covid-19, mas continuou comparecendo nos restaurantes. “Ele não foi fazer o exame ou não quis divulgar, mas mesmo assim continua tendo contato com todas as quatro lojas”, disse o leitor. Segundo relato, a empresa também tem dois funcionários com caso positivo, que foram afastados. Entretanto trabalhadores ainda temem a Covid-19, já que tiveram contato com estes trabalhadores antes do isolamento.

“Por ser um estabelecimento familiar, filhos e companheiros continuam trabalhando normalmente por pressão dos chefes. Muitos funcionários vêm apresentando sintomas depois desses casos confirmados, mas não são liberados para a quarentena enquanto não sai o exame do coronavírus – quando conseguem afastamento, chefes ficam furiosos”.

Mas afinal, o que fazer em uma situação como esta? Em caso de negligência de casos suspeitos ou confirmados de coronavírus em empresas, é possível denunciar à Ouvidoria, no telefone 67 3314-9955.

A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) explica que se o funcionário testar positivo para Covid-19, deve ficar em isolamento por 14 dias e retornar após alta médica. Em casos de empresas ou no serviço público, se o trabalhador testar positivo, os colegas que tiverem contato direto devem ficar em observação e se possível serem submetidos a teste.

Mas fique atento: esta regra vale para colegas que convivem no mesmo ambiente de trabalho, como uma sala com distância menor do que 2 metros.

“A recomendação é que pessoas que tiveram contato direto [com o infectado] precisam ficar em observação e caso seja possível, fazer o teste. Se uma pessoa tem Covid-19 em empresa de 200 funcionários, não precisa afastar os 200 funcionários”.

Fonte: Midiamax

Postado em: 11:51 | 10 julho 2020
 
JSTV
mais vídeos

É permitida a reprodução ou divulgação, em outros órgãos de comunicação, de notícias ou artigos publicados nesta website, desde que expressamente citada a fonte, ficando aquele que desatender a esta determinação sujeito às sanções previstas na Lei nº 5.259/1967 (Lei de Imprensa) feed
Jovem Sul Comunicações LTDA | Rua Quinze, Nº 537 | Centro | CEP 79560-000 | Chapadão do Sul (MS)
(67) 3562-2500 (67) 9 9967-0034 | CNPJ 03.719.704/0001-07
Desenvolvido por: Mais Empresas | Angeli Comunicações