Chapadão do Sul, 27 de Maio de 2018

Cadastre-se Envie sua notícia JNT Digital Busca no site

Jovem Sul News

Você está em: Página Inicial Gerais

Seis meses após despejo, começa construção de escola em área pública

Seis meses após despejo, começa construção de escola em área pública

13:13 | 14 Fevereiro 2018
 

Seis meses após quatro famílias serem despejadas pela Justiça, com apoio da Polícia Militar e da Guarda Municipal, começou a construção de um centro de educação infantil em um terreno da prefeitura, na Vila Erondina, região sul de Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande.

A área pública, em frente ao Parque Ambiental Rego D’Água, era ocupada há pelo menos 15 anos por 13 pessoas da mesma família. No dia 10 de agosto do ano passado, a pedido da prefeitura, um oficial de Justiça acompanhado por policiais e guardas municipais foi ao local e despejou as famílias.

Móveis, roupas e utensílios de cozinha foram retirados das casas e colocados na rua. Máquinas da prefeitura derrubaram as casas, sob protesto dos moradores. O terreno ficou desocupado até agora. Neste mês a área foi cercada, recebeu uma placa e a construção já foi oficialmente iniciada, segundo a prefeitura.

Na época do despejo, a prefeitura informou que o projeto da obra já tinha sido aprovado no Ministério das Cidades, o que impedia a construção em outra área.

“A área foi destinada à construção de um Ceim para atender a comunidade. A construção não pode ser em outro terreno porque a aprovação do projeto já aconteceu. Se mudar o local, perde o recurso”, informou a prefeitura. O projeto foi cadastrado pela administração anterior e o dinheiro liberado em 2017.

Contrariando os moradores, de que o despejo foi feito sem uma solução sobre o destino deles, a prefeitura diz que as famílias recusaram as medidas paliativas oferecidas. A primeira notificação para desocupação foi feita em 2015, mas o pedido de reintegração da área foi feito no dia 4 de julho de 2017.

O borracheiro Adão Pereira da Silva, um dos despejados do terreno, disse na época do despejo que a área tinha sido doada ao antigo morador na administração do ex-prefeito Braz Melo (PSC), atualmente vereador em Dourados. No início dos anos 2000, Adão comprou o terreno se mudou com a família, de onde foi retirado, há seis meses.

Fonte: Campo Grande News

Postado em: 13:13 | 14 Fevereiro 2018
 
É permitida a reprodução ou divulgação, em outros órgãos de comunicação, de notícias ou artigos publicados nesta website, desde que expressamente citada a fonte, ficando aquele que desatender a esta determinação sujeito às sanções previstas na Lei nº 5.259/1967 (Lei de Imprensa) feed
Jovem Sul Comunicações LTDA | Rua Quinze, Nº 537 | Centro | CEP 79560-000 | Chapadão do Sul (MS)
(67) 3562-2500 (67) 9 9967-0034 | CNPJ 03.719.704/0001-07
Desenvolvido por: Mais Empresas | Angeli Comunicações