Chapadão do Sul, 06 de Julho de 2020

Cadastre-se Envie sua notícia JNT Digital Busca no site

Jovem Sul News

Você está em: Página Inicial Gerais

Essa vovó costurou e doou mais de 4 mil máscaras contra o coronavírus

Essa vovó costurou e doou mais de 4 mil máscaras contra o coronavírus

17:52 | 2 junho 2020
 

Ajudar a quem precisa em momentos de crise é uma atitude necessária. Com o coronavírus, muitas pessoas não têm condições financeiras para comprar equipamentos de proteção ou não sabem da importância do uso dessas ferramentas. Para ajudar, Dona Idalina Zaguett, de 76 anos, decidiu usar seu dom de costureira para produzir máscaras para a cidade de Eldorado e já atingiu a marca de 4 mil doações.

Ao Jornal Midiamax, a costureira conta que faz pinturas, bordados e costura já há muitos anos. “Fui costureira durante muito tempo, hoje estou só com artesanato, e apesar de 76 anos nunca parei completamente. Aprendi com minha mãe e agora tenho ajuda da minha filha”, conta.

Desde o início de março de 2020, a vovó costureira começou a produzir as máscaras de tecido e não parou mais. A filha encontrou um molde na internet e a “fábrica” teve início. Segundo suas contas, já fez mais de 4 mil doações para a comunidade e chega a produzir em média 50 máscaras por dia.

Vovó de Eldorado costurou e doou mais de 4 mil máscaras para combater o coronavírus
Dona Idalina, de 76 anos, em seu ateliê onde produz mais de 40 máscaras por dia (Reprodução, Arquivo Pessoal)
“Eu levanto cedinho e já faço umas 40. Quando está faltando, minha filha, Vani, me ajuda para que ninguém volte para casa sem sua máscara. Inclusive pessoas de fazendas e distrito vem buscar para usar aqui na cidade”, ressalta Idalina.

A filha, a professora Ivonilde Zaguett, diz que fazer as máscaras foi uma maneria da costureira ajudar a comunidade mesmo sem poder sair de casa, por ser do grupo de risco. E não é de hoje que a vovó de 76 anos tem ajudado aos que precisam.

“Ela é meu orgulho e meu exemplo. ela sempre foi assim, atrás de ajudar alguém. Ela me disse que queria fazer algo para ajudar e fui atrás dos moldes das máscaras. Outro dia fomos em outra cidade e compramos pacotes fechados de marmitas de isopor porque ela gosta de dar refeições para quem precisa por exemplo. Eu cresci vendo ela ajudando os outros e sigo o exemplo dela”, conta Ivonilde

De Eldorado, no interior do MS e a 440 km de Campo Grande, a costureira diz que a cidade é abençoada e exemplo de solidariedade. Depois de uma matéria de jornal local, pessoas da comunidade começaram a chegar com sacolas de tecido, elástico e outros materiais que a emocionaram.

“Tem muita gente boa no mundo. Deus abençoa muito. Põe sempre sua mão para não faltar nada, e eu agradeço todos os dias. Agora todos estão usando máscaras e se protegendo”, finaliza.

Vovó de Eldorado costurou e doou mais de 4 mil máscaras para combater o coronavírus
Algumas das máscaras produzidas pela vovó com tecidos doados por moradores (Reprodução, Arquivo Pessoal)
Dicas de Higienização
Use a máscara sempre que precisar sair de casa. Saia sempre com pelo menos uma reserva e leve uma sacola para guardar a máscara suja, quando precisar trocar. Também é importante lembrar que o uso de máscaras não dispensa a lavagem periódicas das mãos nem a higienização com álcool em gel ou 70%.

Para a limpeza, a máscara deve ser imersa em recipiente com água potável e água sanitária por 30 minutos. A proporção de diluição a ser utilizada é de 1 parte de água sanitária para 50 partes de água. Depois, é preciso enxaguar em água corrente e lavá-la com água e sabão;

Após lavá-las e estendê-las, é necessário lavar bem as mãos com água e sabão; Depois da secagem da máscara, deve ser utilizado o ferro quente e ela deve ser acondicionada em saco plástico.A máscara deve estar seca para ser utilizada;

As máscaras de tecido devem ser substituídas a cada período de cerca de três horas ou no momento em que ficarem úmidas, o que ocorrer primeiro. Quem tiver sintomas gripais, deve trocar antes. Elas devem ser trocadas também sempre que apresentarem sujeira ou umidade;

A máscara suja não deve ser colocada no bolso nem no mesmo saco plástico de uma máscara limpa. É necessário colocar e retirar a máscara segurando-a pelo elástico, evitando colocar as mãos no pano em frente ao nariz; Antes de colocar e ao retirar a máscara, lave bem as mãos.

Fonte: Midiamax

Postado em: 17:52 | 2 junho 2020
 
JSTV
mais vídeos

É permitida a reprodução ou divulgação, em outros órgãos de comunicação, de notícias ou artigos publicados nesta website, desde que expressamente citada a fonte, ficando aquele que desatender a esta determinação sujeito às sanções previstas na Lei nº 5.259/1967 (Lei de Imprensa) feed
Jovem Sul Comunicações LTDA | Rua Quinze, Nº 537 | Centro | CEP 79560-000 | Chapadão do Sul (MS)
(67) 3562-2500 (67) 9 9967-0034 | CNPJ 03.719.704/0001-07
Desenvolvido por: Mais Empresas | Angeli Comunicações