Chapadão do Sul, 23 de Abril de 2017

Cadastre-se Envie sua notícia JNT Digital Busca no site

Jovem Sul News

Você está em: Página Inicial Gerais

Contra suicídio, carta recomenda que pais deem atenção e carinho aos filhos

Contra suicídio, carta recomenda que pais deem atenção e carinho aos filhos

14:51 | 20 abril 2017
 

Como maneira de evitar que crianças e adolescente se envolvam com o jogo do suicídio chamado Baleia Azul, a SED (Secretaria de Educação do Estado) encaminhou uma carta para os pais e responsáveis de todos os alunos da rede estadual de ensino recomendando que eles deem afeto, atenção e carinho aos jovens.

“Afeto, carinho, atenção, presença e amizade com os filhos são fundamentais para a proteção deles contra o “Desafio da Baleia Azul”, que impõe ao jovem as mais perversas tarefas, causando risco à vida”, diz outro trecho.

Assinada pela secretária de Educação, Maria Cecilia Amendola da Motta, o texto explica como o jogo funciona e que vem atraindo adolescentes e pré-adolescentes e pede atenção a mudança de comportamento.

“Fiquem atentos a qualquer sinal de isolamento social e manifestação de tristeza ou agressividade. Essa situação pode estar ligada a uma etapa do jogo virtual”, diz um trecho do documento.

A secretaria se coloca à disposição da comunidade escolar para desenvolver estratégias de combate ao suicídio.

“Lembramos que a Secretaria Estadual de Educação possui canal de diálogo aberto com diretores e a comunidade escolar para que estratégias de ações sejam desenvolvidas junto às unidades”.

Um suposto caso de um adolescente de Ponta Porã – a 346 quilômetros de Campo Grande – despertou a preocupação das autoridades. Professores de duas escolas de Ponta Porã procuraram a 1ª Delegacia da Polícia Civil do município na quarta-feira (19), depois que tiveram acesso a uma mensagem com ameaças de envenenamento aos alunos.
Jogo perigoso – O Baleia Azul, ou “Blue Whale”, é um game de internet que teria surgido na Rússia, estaria levando jovens a praticarem mutilações e até o suicídio. O jogo seria coordenado por um curador ou moderador que distribui tarefas a partir de comunidades fechadas de Facebook ou WhatsApp.

Ele instiga jogadores, a grande maioria adolescentes, a cumprirem 50 desafios diariamente. O último deles é retirar a própria vida.

Entre os desafios do game estão escrever frases e fazer desenhos com objetos pontiagudos na palma da mão e nos braços, mutilar partes do corpo, ficar pendurado em guindastes, assistir a filmes de terror e subir em telhados de madrugada, ir a uma estrada de ferro de madrugada, e, enfim, cometer suicídio.

São mais de 56 mil vídeos sobre o assunto no YouTube. Vários grupos fechados em redes sociais com adolescentes comentam o tema. Autoridades de alguns países, como a Inglaterra, já emitiram alertas sobre o jogo.

Confira a carta na íntegra:

Queridos pais,

A Secretaria Estadual de Educação alerta para os riscos do “Desafio da Baleia Azul” que vem atraindo jovens seguidores, especialmente pré-adolescentes e adolescentes que se comprometem com uma série de tarefas complicadas, a última delas o suicídio. Fiquem atentos a qualquer sinal de isolamento social e manifestação de tristeza ou agressividade. Essa situação pode estar ligada a uma etapa do jogo virtual.

Afeto, carinho, atenção, presença e amizade com os filhos são fundamentais para a proteção deles contra o “Desafio da Baleia Azul”, que impõe ao jovem as mais perversas tarefas, causando risco à vida.

Reforçamos que qualquer manifestação que fuja da normalidade do dia-a-dia das crianças e dos jovens deve receber atenção imediata dos pais.

Lembramos que a Secretaria Estadual de Educação possui canal de diálogo aberto com diretores e a comunidade escolar para que estratégias de ações sejam desenvolvidas junto às unidades.

Fonte: Campo Grande News

Jovemsulnews/Herik Viana

Postado em: 14:51 | 20 abril 2017
 
É permitida a reprodução ou divulgação, em outros órgãos de comunicação, de notícias ou artigos publicados nesta website, desde que expressamente citada a fonte, ficando aquele que desatender a esta determinação sujeito às sanções previstas na Lei nº 5.259/1967 (Lei de Imprensa) feed
Jovem Sul Comunicações LTDA | Rua Quinze, Nº 537 | Centro | CEP 79560-000 | Chapadão do Sul (MS)
(67) 3562-2500 (67) 9967-0034 | CNPJ 03.719.704/0001-07
Desenvolvido por: Mais Empresas | Angeli Comunicações