Chapadão do Sul, 12 de Dezembro de 2018

Cadastre-se Envie sua notícia JNT Digital Busca no site

Jovem Sul News

Você está em: Página Inicial Gerais

Católicos enfrentam procissão em ruas de barro na demonstração de fé

Católicos enfrentam procissão em ruas de barro na demonstração de fé

12:02 | 12 outubro 2018
 

Na manhã desta sexta-feira, 12 de outubro, diferente dos anos anteriores ocorreu a procissão e missa em louvou à Nossa Senhora da Conceição Aparecida.

A tradicional missa com a presença de muitas crianças, vestidas de anjo, sob a coordenação de catequistas teve início na Matriz São Pedro Apóstolo. Em procissão e carreata seguiram os fiéis até o Salão Paroquial, no Bairro Planalto, enfrentando sol quente e barro nas ruas que estão sendo pavimentadas.

Na entrada do salão uma inovação. Um grande tecido azul, representando o manto sagrado, que acompanhou a imagem da santa, em um barco durante a procissão foi erguido na entrada do salão para que todos passassem sob ele para receber a proteção divina.

Após a missa, as crianças (anjos) realizaram a cerimônia de coroação de Nossa Senhora, no palco do salão.

Um grande número de fiéis católicos acompanharam a missa que foi celebrada pelo Pároco Altair Ferreira.

História do surgimento da Padroeira do Brasil:

Dom Pedro de Almeida, governante da capitania de São Paulo e Minas de Ouro, homem que detinha também o título de Conde de Assumar, passava por Guaratinguetá, SP, quando viajava para Vila Rica, MG. A população organizou uma festa para receber o conde de Assumar. Para prepararem a comida, pescadores foram para o rio Paraíba com a difícil missão de conseguirem muitos peixes para a comitiva do governador, mesmo não sendo tempo de pesca. Domingos Garcia, Filipe Pedroso e João Alves, sentindo o peso de sua responsabilidade, fizeram uma oração pedindo a ajuda da Mãe de Deus. Depois de tentar várias vezes sem sucesso, na altura do Porto Itaguaçu, já desistindo da pescaria, João Alves lançou a rede novamente. Não pegou nenhum peixe, mas apanhou a imagem de Nossa Senhora da Conceição. Porém, faltando a cabeça. Emocionado, lançou de novo a rede e, desta vez, pegou a cabeça que se encaixou perfeitamente na pequena imagem. Só este fato, já foi um grande milagre. Mas, após esse achado, eles apanharam tamanha quantidade de peixes que tiveram que retornar ao porto com medo de a canoa virar. Os pescadores chegaram a Guaratinguetá eufóricos e emocionados com o que presenciaram e toda a população entendeu o fato como intervenção divina. Assim aconteceu o primeiro de muitos milagres pela ação de Nossa Senhora Aparecida.

Fonte: Jovemsulnews (Norbertino Angeli)

Postado em: 12:02 | 12 outubro 2018
 
É permitida a reprodução ou divulgação, em outros órgãos de comunicação, de notícias ou artigos publicados nesta website, desde que expressamente citada a fonte, ficando aquele que desatender a esta determinação sujeito às sanções previstas na Lei nº 5.259/1967 (Lei de Imprensa) feed
Jovem Sul Comunicações LTDA | Rua Quinze, Nº 537 | Centro | CEP 79560-000 | Chapadão do Sul (MS)
(67) 3562-2500 (67) 9 9967-0034 | CNPJ 03.719.704/0001-07
Desenvolvido por: Mais Empresas | Angeli Comunicações