Chapadão do Sul, 09 de Agosto de 2020

Cadastre-se Envie sua notícia JNT Digital Busca no site

Jovem Sul News

Você está em: Página Inicial Educacao

Escolas particulares do Maranhão mantêm decisão e vão retomar aulas presenciais na segunda (3)

Escolas particulares do Maranhão mantêm decisão e vão retomar aulas presenciais na segunda (3)

10:47 | 30 julho 2020
 

O Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Estado do Maranhão (Sinpe-MA) informou, nesta quarta-feira (29), que vai manter o cronograma de retomada das aulas presenciais em escolas particulares no estado previsto para a segunda-feira (3).

A decisão da rede privada foi divulgada após o governo do Maranhão adiar, pela 5ª vez, a retomada, das aulas presenciais em escolas estaduais, previsto para o dia 10 de agosto. A suspensão do retorno foi determinada após uma consulta pública com a comunidade escolar.

O Sinpe afirma que as escolas particulares estão respaldadas pelo Decreto Estadual 35.897/2020, que prorroga até o dia 2 de agosto, a suspensão das aulas presenciais. A entidade representa mais de 50 instituições de ensino privadas em todo o estado do Maranhão.

O sindicato reforçou que a retomada vai seguir os protocolos sanitários da Secretaria de Estado da Saúde (SES) e as escolas devem optar pelo ensino híbrido (com aulas online e presenciais). Além disso, o retorno dos estudantes não será obrigatório.

Entre outras medidas impostas pela rede privada de ensino está o uso obrigatório de máscaras, a aferição de temperatura de alunos e colaboradores e a suspensão do recreio. As escolas também deverão adotar as seguintes medidas:

Criar um protocolo de segurança sanitária;
Orientação constante sobre o uso e manuseio das máscaras;
Proibição do uso coletivo de bebedouros;
Adoção de garrafas de água individuais;
Realizar a divisão das turmas em grupos;
Distribuir álcool em gel para os alunos e instalar reservatórios com o produto nas dependências;
Estabelecer horários diferenciados de entrada e saída;
Escalar dias para as aulas presenciais;
Distanciamento mínimo de 1,5 m entre os estudantes.

Governo adia aulas
De acordo a Secretaria Estadual de Educação (Seduc), a decisão do adiamento das aulas na rede estadual foi tomada após a 1ª fase de consulta popular, realizada com pais e responsáveis dos estudantes, onde ficou constatado que 58% não estavam se sentindo seguros com o retorno das atividades pedagógicas, enquanto 42% acreditam que eles devem voltar.

“Até que tenhamos tudo definido, continuaremos com as atividades remotas, que foram realizadas em toda rede desde que paralisamos as aulas nas escolas, no início da pandemia do coronavírus. Posteriormente, vamos definir nova data para a retomada da 3ª série do Ensino Médio, bem como aos demais níveis de ensino da rede pública estadual”, reforçou Felipe Camarão, secretário estadual de Educação.

Indefinição na capital
Ao G1, a Secretaria Municipal de Educação de São Luís (Semed) informou que o retorno das aulas presenciais segue previsto para o mês de setembro, mas sem datas definidas. A pasta alega que a confirmação vai depender do cenário da pandemia e das orientações das autoridades sanitárias.

Coronavírus no Maranhão
O número de casos confirmados no Maranhão subiu para 115.988, de acordo com números divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), nesta terça-feira (28). Nas últimas 24 horas, o boletim epidemiológico apresentou mais 1.403 casos no estado. São 2.959 mortes pela doença e 103.994 estão curados.

Fonte: G1

Postado em: 10:47 | 30 julho 2020
 

É permitida a reprodução ou divulgação, em outros órgãos de comunicação, de notícias ou artigos publicados nesta website, desde que expressamente citada a fonte, ficando aquele que desatender a esta determinação sujeito às sanções previstas na Lei nº 5.259/1967 (Lei de Imprensa) feed
Jovem Sul Comunicações LTDA | Rua Quinze, Nº 537 | Centro | CEP 79560-000 | Chapadão do Sul (MS)
(67) 3562-2500 (67) 9 9967-0034 | CNPJ 03.719.704/0001-07
Desenvolvido por: Mais Empresas | Angeli Comunicações