Chapadão do Sul, 18 de Agosto de 2019

Cadastre-se Envie sua notícia JNT Digital Busca no site

Jovem Sul News

Você está em: Página Inicial Economia

Energisa prevê aplicar R$ 239 milhões para ampliar fornecimento em MS

Energisa prevê aplicar R$ 239 milhões para ampliar fornecimento em MS

Prioridade é atender área rural do Estado, de acordo com a concessionária de energia elétrica

7:35 | 9 fevereiro 2019
 

Em Mato Grosso do Sul, R$ 239 milhões em investimentos serão aplicados em 2019, de acordo com a Energisa – concessionária do serviço de energia elétrica. Hoje, 1.018.270 clientes são atendidos em 74 das 78 cidades do Estado.

Segundo a Energisa, o plano de investimento tem foco na área rural, “onde parte da atividade econômica do estado está concentrada”. Os recursos serão para melhoria e reforma das redes rurais, troca de cabos e materiais, atuação em vegetação, instalação de equipamentos.

Entre as ações para este ano, está ampliação da capacidade de fornecimento de energia de 10 subestações instaladas em Campo Grande, Cassilândia, Rio Verde, Porto Murtinho, Chapadão do Sul, Paranaíba, Inocência, Bataguassu, Rio Brilhante e Vista Alegre.

Até 2018, foram investidos R$ 1,3 bilhão para melhorar os serviços, de acordo com o diretor da Energisa, Marcelo Vinhaes. Mais de 121,4 mil clientes foram beneficiados pela Tarifa Social.

Ainda de acordo com a Energisa, com relação aos indicadores de qualidade do fornecimento o DEC (Duração Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora), foi de 10,92 horas do total de horas do ano – uma redução de 8,4% em relação ao ano anterior – e o FEC (Frequência Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora) foi de 4,73 vezes, o que representa uma melhora de 17%.

Outra foco de atuação é o combate ao furto de energia, o chamado ‘gato’, que, segundo a empresa, além de crime, “acarreta perdas milionárias à sociedade”.

Em 2018, a Energisa investiu em Projetos de Eficiência Energética na área educacional com a Unidade Móvel Nossa Energia e a Unidade Educacional Espaço Energia, que entre diversas atividades, apresenta experiências sobre consumo consciente de energia. Comunidades de baixa renda, comunidades quilombolas (ex: Furnas do Dionísio), hospitais, instituições filantrópicas e Poder Público também foram contemplados pelos projetos.

Fonte: campograndenews

Postado em: 7:35 | 9 fevereiro 2019
 

Campanha “Queimada é Crime” da Prefeitura Municipal de Chapadão do Sul

queimada sem licença do órgão ambiental é tida como incêndio criminoso e é punida pela Lei de Crimes Ambientais.

 

 

 

 

 

 

É permitida a reprodução ou divulgação, em outros órgãos de comunicação, de notícias ou artigos publicados nesta website, desde que expressamente citada a fonte, ficando aquele que desatender a esta determinação sujeito às sanções previstas na Lei nº 5.259/1967 (Lei de Imprensa) feed
Jovem Sul Comunicações LTDA | Rua Quinze, Nº 537 | Centro | CEP 79560-000 | Chapadão do Sul (MS)
(67) 3562-2500 (67) 9 9967-0034 | CNPJ 03.719.704/0001-07
Desenvolvido por: Mais Empresas | Angeli Comunicações