Chapadão do Sul, 14 de Dezembro de 2017

Cadastre-se Envie sua notícia JNT Digital Busca no site

Jovem Sul News

Você está em: Página Inicial Economia

Após três horas de discussão foi aprovado o Fórum de Desenvolvimento Sustentável

Após três horas de discussão foi aprovado o Fórum de Desenvolvimento Sustentável

9:12 | 5 dezembro 2017
 

Foi a reunião realizada no Auditório da Fachasul e reuniu várias lideranças

Na noite desta segunda-feira, 04 de dezembro foi realizada uma reunião de proposta para a criação do Fórum de Desenvolvimento Sustentável de Chapadão do Sul. Ocorreu o evento no Auditório da Fachasul e contou com a participação do Prefeito João Carlos Krug, de Vereadores, do Vice-Prefeito Dr. João Buzoli e outros representantes de entidades e lideranças.

O Fórum de Desenvolvimento Sustentável de Chapadão do Sul está sendo proposto pela Fachasul, UFMS – Campus Chapadão do Sul e Fundação Chapadão.

Antes do debate ocorreu uma palestra com o Subsecretário de Estado de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso do Sul, Ricardo Senna.

Prefeito João Carlos Krug participou da reunião e falou do desenvolvimento de Chapadão do Sul

Foi a proposta aceita por unanimidade dos participantes, após três horas de debates e opiniões sobre os pilares propostos para serem trabalhados e que deverão promover o desenvolvimento sustentável, apresentados pela Professora e Engenheira Agrônoma Graci Acadrolli Tozzo, da Fachasul.

Ricardo Senna lembrou da sua participação na implantação do Delis, em 2001, no Município, quando o Prefeito era João Carlos Krug. O Delis-Desenvolvimento Local Integrado e Sustentável na época projetou-se que em 2020 Chapadão do Sul estaria com 50 mil habitantes, mas pelo que tudo indica este índice populacional não será alcançado, mas outras ações para o crescimento sustentável foram implementadas.

O Forum pretende levantar diagnósticos para o maior desenvolvimento do Município, analisando a sua capacidade de produção, a localização, a população e os investimentos públicos que visam o crescimento sustentável.

João Carlos Krug disse que o Município evoluiu muito. Ele lembrou que viveu todos os momentos, desde 1.969, quando chegou na região que não tinha nada, a não ser uma vegetação de cerrado fraco e com nenhuma infraestrutura. A atividade agropecuária, o comércio e indústria promoveram um grande desenvolvimento e até melhorias no meio ambiente.

Segundo o Direteor da UFMS – Campus Chapadão do Sul, Professor Kleber Augusto Gastaldi, Mato Grosso do Sul está geograficamente bem posicionado para entrar em uma fase de desenvolvimento, cercado por estados bem desenvolvidos e com produção agropecuária.

O município de Três Lagoas foi apontado como um exemplo de que é possível promover o desenvolvimento econômico a partir de indústrias em um local que antes não tinha vocação para o setor.

Segundo o Subsecretário Ricardo Senna, o atual governo do Estado desenvolve uma política que facilita o desenvolvimento econômico que vem dando bons resultados aos pequenos médios e grandes empresários. No vizinho estado de Mato Grosso, cidades com a mesma idade de Chapadão do Sul apresentam maior desenvolvimento e deve o Fórum levantar os diagnósticos sobre o que está impedindo o crescimento de Chapadão do Sul e trabalhar para apresentar propostas para as soluções.

Durante a reunião foi lembrado pelo Gerente do Banco do Brasil, Agência Chapadão do Sul, que para o próximo ano serão destinados 2,8 bilhões para o FCO, mais uma oportunidade para tomada de recursos a custo baixo que voltarão a promover o desenvolvimento. É importante os interessados procurarem consultoria para elaboração de projetos e o próprio banco para orientações.

A partir desta data, a Fachasul, a UFMS e a Fundação Chapadão trabalham para compor os membros do Fórum, que deve ser composto por representantes de classe, de bairros, de autoridades constituídas e demais pessoas interessadas em contribuir ao crescimento sustentável de Chapadão do Sul.

Fonte: Jovemsulnews (Norbertino Angeli)

Postado em: 9:12 | 5 dezembro 2017
 
É permitida a reprodução ou divulgação, em outros órgãos de comunicação, de notícias ou artigos publicados nesta website, desde que expressamente citada a fonte, ficando aquele que desatender a esta determinação sujeito às sanções previstas na Lei nº 5.259/1967 (Lei de Imprensa) feed
Jovem Sul Comunicações LTDA | Rua Quinze, Nº 537 | Centro | CEP 79560-000 | Chapadão do Sul (MS)
(67) 3562-2500 (67) 9 9967-0034 | CNPJ 03.719.704/0001-07
Desenvolvido por: Mais Empresas | Angeli Comunicações