Chapadão do Sul, 25 de Abril de 2019

Cadastre-se Envie sua notícia JNT Digital Busca no site

Jovem Sul News

Você está em: Página Inicial Colunistas

Como e porque perdoar e ser grato

Como e porque perdoar e ser grato

15:25 | 2 fevereiro 2019
 

Evidio Zimmer

Link do meu canal: https://bit.ly/2PL5zBd

Quando conheci a SEICO-NO-IE me ensinaram que eu deveria ser grato, agradecendo tudo que me acontecia. Tentei, mas não consegui entender isso. Imagine que eu seja assaltado e agradecer por isso. Depois de muitos anos pesquisando e refletindo sobre isso entendi que devo agradecer para não me fixar na parte negativa. A gratidão faz com que a gente se fixe no futuro, assim que algo ruim nos acontece, agradecemos, esquecemos e começamos a planejar o próximo ato. É por isso que devemos ser gratos.

O PERDÃO

Outro quesito importante é o perdão. Quando alguém nos fere, na verdade somos feridos por dois seres diferentes: o real e o imaginário. O real é a pessoa que nos fere, o imaginário é a lembrança que fica em nossa mente. Devemos obrigatoriamente perdoar a lembrança, o ser real, só se ele nos pedir perdão e se de fato merece. O ser real nos fere uma única vez, mas o imaginário, a lembrança que fica em nossa mente, nos fere a vida inteira se não a perdoarmos. É por isso que devemos perdoar a lembrança e deixar o ser real para a justiça legal, caso a agressão tenha sido tão forte que vire caso de polícia.

Eu sei que é difícil de entender isso, por esse motivo gravei um vídeo e o coloquei no meu canal, eu acho mais fácil explicar algo num vídeo do que num texto, por isso, se estiver difícil de entender, acesse o vídeo pelo link: https://www.youtube.com/watch?v=qHkzOomWgIE

RESUMO

O texto em si só já é um resumo, mesmo assim vou sintetizar tudo nesse parágrafo. Você deve perdoar não para diminuir a dor do agressor, até porque boa parte dos agressores nem mesmo se preocupam com isso e até mesmo sentem prazer, mas deve perdoar para diminuir a sua dor. Aquele que perdoa recebe um benefício muito maior do que o que é perdoado. O outro assunto é a gratidão, você deve agradecer porque nem a raiva e nem mesmo a gratidão fará o tempo voltar e evitar o acontecido, mas a gratidão, ao contrário da raiva, o conduzirá por um caminho melhor e com mais felicidade. A raiva causa doenças, a gratidão traz a cura ou o alívio. Sentir raia é o mesmo que ingerir veneno, esperando que a outra pessoa morra.

BUSQUE SEMPRE O MELHOR

Quando somos agredidos costumamos ficar com muita raiva e ficamos remoendo isso em nossa mente. Temos a impressão de que estamos nos vingando do agressor, mas na verdade apenas estamos perdendo nosso tempo e injetando mais veneno no nosso organismo e por isso devemos aprender a perdoar e praticar a gratidão. Busque o melhor para você e sentir raiva em momento algum será o melhor que você pode fazer por você.

Então era isso, um grande abraço e até a próxima oportunidade.

Postado em: 15:25 | 2 fevereiro 2019
 
É permitida a reprodução ou divulgação, em outros órgãos de comunicação, de notícias ou artigos publicados nesta website, desde que expressamente citada a fonte, ficando aquele que desatender a esta determinação sujeito às sanções previstas na Lei nº 5.259/1967 (Lei de Imprensa) feed
Jovem Sul Comunicações LTDA | Rua Quinze, Nº 537 | Centro | CEP 79560-000 | Chapadão do Sul (MS)
(67) 3562-2500 (67) 9 9967-0034 | CNPJ 03.719.704/0001-07
Desenvolvido por: Mais Empresas | Angeli Comunicações