Chapadão do Sul, 22 de Agosto de 2017

Cadastre-se Envie sua notícia JNT Digital Busca no site

Jovem Sul News

Você está em: Página Inicial Agronegocio

Temer e Blairo participam do início da colheita de algodão e inauguram usina de etanol de milho

Temer e Blairo participam do início da colheita de algodão e inauguram usina de etanol de milho

15:47 | 11 agosto 2017
 

Presidente Temer e Ministro Blairo Maggi participam da solenidade de início da colheita do algodão em Mato Grosso. (foto: Só Notícias/Diego Oliveira)

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Blairo Maggi (PP) e o presidente Michel Temer (PMDB) estiveram nesta sexta-feira, 11 de agosto em Lucas do Rio Verde (MT). Simbolicamente deram início à colheita de algodão e participaram da inauguração da primeira planta de Etanol produzido exclusivamente a partir do milho.

Blairo e Temer estavam no avião presidencial, desembarcam em Sinop e seguiram para Lucas e seguiram de helicóptero para a Fazenda Boa Vista, onde se realizou o primeiro ato, o lançamento da colheita do algodão.

Mato Grosso concentra 67% da produção nacional.  “O Brasil deverá colher 1,5 milhão de toneladas de algodão pluma, mesmo com a estimativa de queda de 1,7% na área cultivada. Mato Grosso é disparado o maior produtor do país, com produção total de algodão em pluma que deve chegar a 1 milhão de toneladas”, disse o ministro.

Entre outras autoridades, participou da solenidade o secretário de Políticas Agrícolas do Mapa Neri Geller (PP) e o vice-governador Carlos Fávaro.

Já o governador Pedro Taques (PSDB) liderou a comitiva do Fórum dos Governadores da Amazônia, que acontece nesta sexta no Palácio Paiaguás. O tucano vai levou os oito governadores (Pará, Amazonas, Acre, Amapá, Maranhão, Tocantins, Roraima e Rondônia) para Lucas do Rio Verde e, depois, retornaram para a agenda na Capital.

Depois do ato na fazenda, a comitiva de Temer seguiu para a inauguração de uma indústria de etanol a base de milho, que pertence a investidores americanos. Ela terá capacidade para produzir 200 milhões de litros de etanol de milho por ano. Foi criada para aproveitar a larga escala de produção de milho e sorgo da região. O investimento é de US$ 115 milhões, cerca de R$ 350 milhões.

Questionado sobre a escolha da cidade para as visitas presidenciais e a importância dela para o cenário do agronegócio, o ministro Blairo destacou que “Lucas do Rio Verde representa o que sonhamos para Mato Grosso, uma agricultura verticalizada, que gera emprego e renda para milhares de pessoas. Assim, agrega valor aos nossos produtos”, ponderou Blairo Maggi.

Blairo lembrou das dificuldades dos produtores de milho. Ele destacou que o governo “socorre, ano após ano”, os produtores para equilibrar os preços do cereal. “Podemos fazer uma safra de 200 milhões de toneladas de milho, que não vai adiantar. Com o preço de R$ 13, o produtor não paga os custos. Esta planta aqui vai enxugar 600 mil toneladas. Se tivermos 10 iguais, tiramos do mercado 6 milhões de toneladas. É praticamente o que o governo ajuda. Nós, como governo, temos interesse neste tipo de empreendimento”, afirmou o ministro. “Não deve ter a conversa que estamos usando comida, cereal, para fazer etanol. Hoje são 30 milhões de toneladas aqui e não tem onde colocar”, afirmou, elogiando o ex-prefeito de Lucas, Marino Franz, e parceiros comerciais dele que construíram a usina.

A usina da FS vai comprar boa parte da produção de milho em Lucas, Sorriso, Tapurah, Nova Mutum e demais cidades da região. Teve investimentos US$ 115 milhões e produzirá anualmente aproximadamente 210 milhões de litros de etanol, 180 mil toneladas do 3 coprodutos, e 6,2 mil toneladas de óleo de milho, além de exportar 60.000 megawatts de eletricidade. O presidente da empresa, Henrique Ubrig, disse que a tecnologia implantada é usada em mais de 100 usinas nos Estados Unidos.

“Vamos encurtar caminho entre a América do Norte e a América do Sul. Vamos oferecer uma opção para o mercado preenchido pelo produto americano. Precisamos de mercados e logística eficientes. Do Mato Grosso podemos atingir o planeta. Isso é possível”, discursou.

Fonte: Ampasul (Norbertino Angeli e c/ RD News e AgronotíciasMT)

Postado em: 15:47 | 11 agosto 2017
 
É permitida a reprodução ou divulgação, em outros órgãos de comunicação, de notícias ou artigos publicados nesta website, desde que expressamente citada a fonte, ficando aquele que desatender a esta determinação sujeito às sanções previstas na Lei nº 5.259/1967 (Lei de Imprensa) feed
Jovem Sul Comunicações LTDA | Rua Quinze, Nº 537 | Centro | CEP 79560-000 | Chapadão do Sul (MS)
(67) 3562-2500 (67) 9967-0034 | CNPJ 03.719.704/0001-07
Desenvolvido por: Mais Empresas | Angeli Comunicações