Chapadão do Sul, 17 de Fevereiro de 2019

Cadastre-se Envie sua notícia JNT Digital Busca no site

Jovem Sul News

Você está em: Página Inicial Agronegocio

Frango vivo segue em franca valorização em São Paulo e em Minas Gerais

Frango vivo segue em franca valorização em São Paulo e em Minas Gerais

Frango vivo negociado no interior paulista obteve novo ajuste de cinco centavos

9:42 | 12 fevereiro 2019
 

Na segunda-feira (11), o frango vivo negociado no interior paulista obteve novo ajuste de cinco centavos, sendo negociado – em mercado firme – por R$3,00/kg, retornando ao mesmo valor registrado dois meses atrás, em 11 de dezembro de 2018. Como esse foi o quinto ajuste consecutivo desde a última quarta-feira (6), todos de cinco centavos cada, o produto acumula em menos de uma semana ganho de 25 centavos, registrando valorização de 9% no espaço de uma semana e de 7,14% em um mês (em 11 de janeiro era cotado a R$2,80/kg, mas já negociado com descontos de até 50 centavos; a valorização atual, portanto, é bem mais significativa).

A alta de ontem abrangeu, também, o frango vivo de Minas Gerais, negociado por R$3,10/kg. A exemplo do paulista, o frango mineiro também acumula valorização de 25 centavos em menos de uma semana. Mas comparativamente aos preços de 30 dias atrás os ganhos são muito mais significativos, de 19,23%, porque então a cotação vigente encontrava-se em R$2,60/kg.

Estando próximo o fim da primeira quinzena, é provável que o mercado consumidor – principal impulsionador do deslanche do frango vivo e do abatido – perca um pouco do dinamismo atual (o frango abatido já vem dando mostras de ter atingido o pico de preços do mês).

Mesmo assim é pouco provável que a ave viva sofra os efeitos de um refluxo na demanda. Afinal, por cerca de três meses o setor operou em um mercado fraco, sujeitando-se a uma forte concorrência das integrações e, em conseqüência, a descontos no preço de referência – o que desestimulou a produção e pode ter conduzido a reduções no volume produzido. A oferta, portanto, tende a permanecer controlada.

Fonte: agrolink

Postado em: 9:42 | 12 fevereiro 2019
 
É permitida a reprodução ou divulgação, em outros órgãos de comunicação, de notícias ou artigos publicados nesta website, desde que expressamente citada a fonte, ficando aquele que desatender a esta determinação sujeito às sanções previstas na Lei nº 5.259/1967 (Lei de Imprensa) feed
Jovem Sul Comunicações LTDA | Rua Quinze, Nº 537 | Centro | CEP 79560-000 | Chapadão do Sul (MS)
(67) 3562-2500 (67) 9 9967-0034 | CNPJ 03.719.704/0001-07
Desenvolvido por: Mais Empresas | Angeli Comunicações