Chapadão do Sul, 14 de Dezembro de 2017

Cadastre-se Envie sua notícia JNT Digital Busca no site

Jovem Sul News

Você está em: Página Inicial Agronegocio

Eficiência alimentar e sua importância na pecuária

Eficiência alimentar e sua importância na pecuária

14:58 | 6 dezembro 2017
 

Ferramenta de seleção imprescindível para a eficiência na pecuária de corte, muitas pesquisas estão em curso e busca animais com o perfil

A pecuária de corte é cada vez mais competitiva e diversos recursos têm sido aplicados para se conseguir reduzir a idade do abate dos bovinos. Produzir mais carne em menos tempo é a meta e visa ao aumento da rentabilidade da propriedade.

Uma das alternativas é a seleção de animais mais eficientes, que pode ser realizada de diferentes maneiras, como por exemplo, avaliando a conversão alimentar do bovino (kg consumo: kg ganho). Há várias formas de fazer isso, pastagem rotacionada, aumentar taxa de lotação, integração lavoura-pecuária e outras tecnologias que auxiliam o pecuarista na hora de produzir mais com menos.

Recentemente a Embrapa lançou os cochos eletrônicos, o equipamento possui comedouros apoiados sobre uma balança, que registra eletronicamente o total de alimento consumido por animal, individualmente. Essa tecnologia está auxiliando os pesquisadores na busca de animais que comem menos e ganham mais.

CAR – Eficiência Alimentar nos bovinos

Recentes descobertas de estudos sobre como obter maior eficiência do gado enfatiza a redução do “input”, a fim de aumentar a produção, resultados e maximizar a rentabilidade do sistema de produção como um todo.

Isto é ainda mais relevante quando nos damos conta de que a redução do uso de recursos naturais e poluentes de produção (estrume, metano, etc.) para a unidade de carne produzida já é uma necessidade importante em relação ao ponto de vista económico e quanto a comercialização de carne bovina.

Na seleção de bovinos de corte algumas estratégias são necessárias para aumentar a eficiência da alimentação, mas sem sacrificar as características de desempenho, taxa de reprodução ou comprometer e prejudicar a qualidade da carcaça.

O que se ganha com essa eficiência:

  • Diminuição da área para produção de bovinos de corte (demanda de grandes áreas);
  • Custos com alimentação dos animais (65-70% dos custos da produção de carne bovina);
  • SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL nas práticas de produção de carne (menor “INPUT” para mesmo “OUTPUT”).

Vantagens do CAR

Estimativas de herdabilidade de moderada a alta.

Seleção para CAR:

Animais com menores necessidades de manutenção;

Menor consumo; Maior conversão alimentar;

Sem aumentar o GMD e o peso adulto;

Reduções potenciais na emissão de gás metano e na produção de esterco.

Sistema Growsafe

Outro sistema que mede o desempenho bovino é o GrowSafe. Alimentadores automáticos que registram, durante 24 horas todos os dados relacionados ao consumo de alimento e comportamento dos animais.

Fonte: Revista Globo Rural

Para o registro das informações é necessário que os animais estejam equipados com brinco identificador auricular, permitindo assim que sua presença seja detectada pelo software, através de um transponder acoplado ao brinco do animal, transmitindo assim as informações de consumo em tempo real, via rede sem fio, para um computador instalado no escritório do pesquisador.

Fonte: comprerural / ps

Postado em: 14:58 | 6 dezembro 2017
 
É permitida a reprodução ou divulgação, em outros órgãos de comunicação, de notícias ou artigos publicados nesta website, desde que expressamente citada a fonte, ficando aquele que desatender a esta determinação sujeito às sanções previstas na Lei nº 5.259/1967 (Lei de Imprensa) feed
Jovem Sul Comunicações LTDA | Rua Quinze, Nº 537 | Centro | CEP 79560-000 | Chapadão do Sul (MS)
(67) 3562-2500 (67) 9 9967-0034 | CNPJ 03.719.704/0001-07
Desenvolvido por: Mais Empresas | Angeli Comunicações