Chapadão do Sul, 22 de Agosto de 2017

Cadastre-se Envie sua notícia JNT Digital Busca no site

Jovem Sul News

Você está em: Página Inicial Agronegocio

Colheita do algodão em MS entra na reta final

Colheita do algodão em MS entra na reta final

16:58 | 10 agosto 2017
 

Colheita do algodão em Mato Grosso do Sul. Foto: AMPASUL

Os cotonicultores de Mato Grosso do Sul avançam na colheita. Na modalidade primeira safra o percentual colhido já chega aos 75%, já na segunda safra, o percentual é menor, 30% em Chapadão do Sul e 17% em Costa Rica, este maior produtor do estado. A informação está no novo informativo técnico do Programa Boas Práticas Fitossanitárias do Algodão, conduzido pela AMPSUL, Associação Sul-Mato-Grossense dos Produtores de Algodão.

A área total cultivada neste ano chega a pouco mais de 28,6 mil hectares e a produtividade percebida até o momento, na modalidade primeira safra chega a 300@/ha em Chapadão do Sul e 330@/ha em Costa Rica.

Na região sul do estado a colheita foi concluída, as soqueiras destruídas e a AMPASUL já auxilia os produtores a instalarem as armadilhas para monitoramento do bicudo, nas áreas onde será semeado o algodão da próxima safra.

Nas regiões onde ainda o algodão é colhido, a AMPASUL segue com o seu trabalho de conscientização sobre a correta destruição das soqueiras e os cuidados no transporte.

Segundo os engenheiros da AMPASUL, os benefícios da correta destruição das soqueiras vão além do combate à proliferação do bicudo, ela contribui para reduzir outros problemas na próxima safra como: broca-da-raiz, broca-da-haste, trips, pulgão, doença-azul, ácaro-rajado, mosca-branca, mancha-de-ramulária, ramulose, bacteriose e lagarta rosada.

Visando reduzir a população de bicudo de final de safra, ficou acordado no Grupo de Trabalho do Algodão (GTA- Chapadão do Sul) que todos os cotonicultores realizariam aplicações de inseticidas para o controle do bicudo no momento da desfolha e destruição química das soqueiras do algodão na mais alta qualidade.

O mesmo documento publicado pela AMPASUL traz informações sobre o Programa Manejo de Solos, também conduzido pela entidade para auxiliar os cotonicultores.

A AMPASUL está realizando um trabalho sobre as espécies de plantas de cobertura cultivadas na entressafra para melhoria na qualidade do solo, já que o percentual do plantio de algodão safra viabiliza essa prática.

Clique aqui e veja o informativo do Programa Fitossanitário da AMPASUL.

Fonte: AMPASUL (Norbertino Angeli)

Postado em: 16:58 | 10 agosto 2017
 
É permitida a reprodução ou divulgação, em outros órgãos de comunicação, de notícias ou artigos publicados nesta website, desde que expressamente citada a fonte, ficando aquele que desatender a esta determinação sujeito às sanções previstas na Lei nº 5.259/1967 (Lei de Imprensa) feed
Jovem Sul Comunicações LTDA | Rua Quinze, Nº 537 | Centro | CEP 79560-000 | Chapadão do Sul (MS)
(67) 3562-2500 (67) 9967-0034 | CNPJ 03.719.704/0001-07
Desenvolvido por: Mais Empresas | Angeli Comunicações