Chapadão do Sul, 26 de Junho de 2019

Cadastre-se Envie sua notícia JNT Digital Busca no site

Jovem Sul News

Você está em: Página Inicial Agronegocio

Aumento de área plantada coloca MS entre os maiores produtores de grãos do país

Aumento de área plantada coloca MS entre os maiores produtores de grãos do país

11:42 | 15 abril 2019
 

Mato Grosso do Sul apresentou o maior aumento do país em área plantada com soja na safra 2018/2019. A cultura se expandiu para mais 280 mil hectares no Estado (+10,30%), elevando a área total para quase 3 milhões de hectares, o que contribuiu para manter o Estado entre os cinco maiores produtores de soja do Brasil (atrás apenas de Mato Grosso, Rio Grande do Sul, Paraná e muito próximo a Goiás).

Os dados são do Programa SIGA-MS, o Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio implantado pela Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) em parceria com entidades de produtores rurais.

O secretário Jaime Verruck, da Semagro, observa que se não fossem problemas climáticos, o Estado teria mais uma supersafra: “Tivemos estiagem no fim do ano passado, principalmente em municípios grandes produtores do Sul do Estado, o que prejudicou a produtividade da soja. Porque a previsão era de colher 10 milhões de toneladas, contando com o aumento da área”, disse.  A produtividade da soja em Mato Grosso do Sul na safra 2017/2018 foi de 59,17 sacas por hectares.

Os técnicos trabalhavam com essa projeção para a safra passada, o que aliada ao aumento da área representaria um volume de 9,54 milhões de toneladas. Os dados finais mostram, entretanto, que a lavoura rendeu 48,11 sacas por hectares, em média, quebra justificada pela estiagem na fase em que a planta estava em desenvolvimento. Com isso o volume colhido ficou em 8,8 milhões de toneladas. Apesar disso, o rendimento deste ano ficou acima da média dos últimos cinco anos, que foi de 46,7 sacas por hectares.

Milho

O milho – cujo ciclo segue o da soja – também apresentou aumento de área. Passou de 1,81 milhões na safra 2017/2018 para 1,92 milhões na safra deste ano, que acabou de ser plantada. Uma variação de 5,73% que foi a segunda maior do País, atrás apenas do Mato Grosso e Paraná.

A melhor notícia é que esse aumento de área, aliado à promessa de boas condições climáticas, devem resultar numa elevação de 11,51% na produtividade média, que foi de 70,13 sacas por hectares na safra passada e pode chegar a 78,2 sc/ha na atual.

Desta forma, Mato Grosso do Sul projeta colher 9 milhões de toneladas de milho na safra 2018/2019 e retorna e volta a ser o terceiro maior produtor brasileiro do cereal, ultrapassando Goiás. Na frente de MS estão justamente os Estados que superaram também no aumento de área (MT e PR).

João Prestes – Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro).

FontePortal do Governo de Mato Grosso do Sul

Postado em: 11:42 | 15 abril 2019
 

Contribuintes podem emitir carnê do IPTU diretamente no site da Prefeitura.

CLIQUE AQUI!

É permitida a reprodução ou divulgação, em outros órgãos de comunicação, de notícias ou artigos publicados nesta website, desde que expressamente citada a fonte, ficando aquele que desatender a esta determinação sujeito às sanções previstas na Lei nº 5.259/1967 (Lei de Imprensa) feed
Jovem Sul Comunicações LTDA | Rua Quinze, Nº 537 | Centro | CEP 79560-000 | Chapadão do Sul (MS)
(67) 3562-2500 (67) 9 9967-0034 | CNPJ 03.719.704/0001-07
Desenvolvido por: Mais Empresas | Angeli Comunicações